quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Últimos livros lidos.

Olá para todos!


Voltei com um post mais sério dessa vez. Decidi usar o dia de hoje para algo mais produtivo. Vou falar dos meus últimos livros lidos.


OS GUARDIÕES DO TEMPO (NELSON MAGRINI)


Ficção Científica. Só o termo me faria fechar um livro para nunca mais abrí-lo. Nunca gostei do gênero, desde criança, vai saber porque... Mas, o respeito que eu adquiri pelo Nelson Magrini depois de ler o seu conto Isabela no livro Amor Vampiro (que é maravilhoso, por sinal) me impulsionou a ler esse livro, gentilmente cedido pela minha amiga Nana. Logo no começo eu me diverti muto com as discussões entre Rogério, Duda e Ciça, e ao longo do livro elas se tornam ainda mais engraçadas e absurdas. Até mesmo nos piores e mais tensos momentos eles arranjam um motivo e tempo para uma longa e acalorada discussão, que deixavam sempre os outros personagens de boca aberta. E os erros no nome do seu Chiclete, digo, Fyscat, me fizeram rir de chorar. Essa, para mim, é a melhor parte da história. Além, é claro, das aventuras mirabolantes e por vezes sombrias. Isso também foi bom. O livro não te deixa descansar um minuto sequer, é uma ação atrás da outra! Sinceramente, se eu tivesse lido esse livro na escola eu teria gostado demais! É esse tipo de literatura que falta nas escolas, histórias que prendam a atenção das crianças e jovens com um enredo ágil, inteligente e instigante. Leitura totalmente válida, não apenas para crianças e jovens, mas também para adultos imaginativos que amam boas aventuras.


Sinopse do livro segundo o Skoob:

Venha conhecer e se encantar com Duda, Ciça, sua irmã, e o amigo Rogério, e juntos viver uma aventura fantástica no Tempo e no Espaço. Voe para o futuro e participe de uma corrida através da galáxia, para desvendar um mistério, e encontrar as pistas escondidas de um enigma, com mil perigos à espreita. Os três garotos são a única esperança para salvar o Império Galáctico.


http://www.skoob.com.br/livro/sobre/34627


Nesse link você encontrará outras resenhas, comentários, históricos de leitura, entre outras coisas.



TREVAS (J. MODESTO)

Um justiceiro, um vampiro e um cardeal juntos numa cruzada contra um demônio. Opa! - disse a minha tracinha de livros interior - Isso pode ser interessante! E realmente é. Esse é o cerne da história, sem mais e nem menos. Simples assim. Mas só abrindo o livro e começando a leitura é que você percebe a grandeza da história. J. Modesto te apresenta vários núcleos, todos eles interessantíssimos e no final todos esses núcleos e personagens se encontram e suas vidas se entrelaçam. E o mais legal, é que o livro já começa na ação e se mantém assim. Ele não te deixa parar para respirar, te instiga, te prende num ritmo frenético que só te libera ao final da leitura. O vampiro da história, o Jean, me deixou apaixonada, como sempre. Um vampiro francês... Uh lá, lá! Essa espécie eu ainda não tinha conhecido, mas adoraria ler ainda mais sobre ele. Acho, inclusive que um livro só tratando da relação dele com a Igreja e o cardeal daria um ótimo livro! Foi a parte mais interessante. O cardeal protegendo ele, os dois se ajudando mutuamente... Foi muito interesante, e ousado. Não sei se verei o vampiro Jean novamente, mas sei que os livros de Modesto são interligados, e que o livro Anhangá se entrelaça com o Trevas. Ok, ele me obriga a lê-lo também. Mas será um prazer, se ele for tão bom quanto este!

Sinopse do livro no Skoob:

O Mal ameaça a humanidade através de um demônio com o poder de manipular as forças do elemento terra. O destino intervém criando uma aliança inusitada entre a Igraja, um vampiro e um justiceiro. Será que o grupo conseguirá deixar de lado as suas diferenças e fazer frente as Forças do Mal?


http://www.skoob.com.br/livro/sobre/11275


Nesse link, mais sobre Trevas!


No próximo post:

A genialidade de Tolkien em seu mais novo livro publicado: Os Fihos de Húrin!

Aguardem, beijos e abraços!

:-)

2 comentários:

nelson_magrini disse...

Oi, Karine!

Fico contente que minha "ficção-científica" te pegou de jeito e que você tenha gostado muito do livro, das diabruras daqueles três e do pobre do Fyscat. Por sinal, há uma entrevista com os três personagens centrais em meu blog, http://nmagrini.blogspot.com/ , bastante divertida.

Valeu pela bela resenha e por suas palavras, obrigado.

Um beijo grande!

Coelha disse...

Obrigada, Nelson, pelo comentário, pelo carinho e pela correção quanto ao título! Agora está certo: GuArdiões do Tempo!

Postar um comentário